O Elixir da Longa Vida - Essencial Elixir Deo Parfum Natura - Resenha

Acredito que, atendendo a pedidos, a Natura espertamente o retornou. Na carona da reviravolta chypre que ela tanto domina, depois de anos gourmands, esta experiência iniciada com uma edição limitada volta aos catálogos - ainda não se sabe se por prazo determinado ou não. 
Para construir o bom chypre a receita demanda unir com a maestria de alquimista as cítricas bergamotas, delicadas rosas e jasmins, terroso patchouli em generosas doses, musgo de carvalho e lábdano. A receita atualizada admite musk e evernyl, trazendo ares mais limpos e arejados à umidade da floresta. 
Elixir é o termo alquímico para a poção balsâmica e confortante de efeito mágico, que atribui juventude, cura e longa vida. A busca incessante de Avicenas, a dosagem meticulosa entre veneno e remédio, a transmutação, a pedra filosofal e suas propriedades mágicas. 
Essência e Elixir podem ser sinônimas, palavras irmãs, que denotam uma natureza íntima das coisas, aquilo que é vital e imprescindível. A manifestação fundamental da substância, o conteúdo aromático e resinoso obtido das plantas, não sem motivos, é chamado de essência. 
Essencial Elixir é um bálsamo chypre, floral esverdeado com vapores de patchouli. Segue à risca a cartilha deste estilo, leva todos os seus ingredientes. Há quem o assemelhe ao primoroso Cartier La Panthère, o que bem se aplica. Essencial Elixir leva uma dose mais frutal, quase licorosa, como as peras ao vinho, macias e maduras, cozidas em calda quente. 
Em sua abertura, cítricos fazem festa no nariz, prenunciando a onda floral de jardim, rosas encarnadas e jasmins de fim de tarde, abrindo-se ao luar para exalar o perfume inebriante. Mistério noturno e elegante, que traz refinamento e um ar adulto e autoconfiante. A partir de então o patchouli reina absoluto, como banho de cheiro, morno, picante, amadeirado, beirando o resinoso de incenso. 
É uma poção de sedução, que tem performance respeitável, e que, se não garante a longa vida e a beleza eterna, ao menos oferece um aroma a ser desfrutado com deleite. 
Merece atenção ao ser testado, não é dos mais 'fáceis' por assim dizer. Mas quem já estiver habituado a bons chypres e está em busca de algo criativo, com desempenho digno dos importados, pode seguir neste caminho. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O último dos românticos - Floratta Red d'O Boticário - Resenha

Amor nos tempos de Crise - Pur Blanca da AVON - Resenha

Perfumes “Tester” ou “Demonstration”