quinta-feira, 5 de maio de 2016

Agora fiquei doce, doce, doce... - Pink Sugar EDT de Aquolina - Resenha

Entre entusiastas e inimigos do frio, fico no segundo time. Sofro demais nessa estação: tesa, encolhida e encasacada, aguardo com paciência para que o Sol volte em sua potência. Porém, nem tudo é tristeza e sofrência, o frio dá a possibilidade de usar o Pink Sugar sem medo. Somente no frio ele revela sua melhor face, que, assim como um bom chocolate quente, no verão perde toda sua delícia e pode se tornar um verdadeiro pavor. 
Aquolina entende de doce - toda linha 'sugar' consegue captar uma face gustativa deliciosamente especial, ora mais cremosa, ora vítrea caramelada, ora chocolate crocante. Pink Sugar tem o aroma da máquina de algodão doce em funcionamento, derretendo o açúcar e construindo um sem fim de fios, um aglomerado de delícia, um caramelo fino, fino, que estica até virar fio e se reunir em nuvem de doçura. Egeo Dolce bebeu dessa fonte, mas adicionou doses enormes de framboesa. Pink Sugar é caramelo puro, inclusive o aroma 'queimadinho', um enfumaçado transparente que mesclado ao doce traz calor e curiosidade. Isso o deixa menos sticky, menos grudento. 
Sua evolução - sim, um doce que evolui, veja só! - o leva para uma cremosidade de doce de leite uruguaio/argentino, bem escurinho, quase bala toffee (o sândalo leitoso o deixa assim) com alcaçuz, na doçura ao estilo Lolita Lempicka, de bengalinhas listradinhas típicas do Natal. Somente no frio esse doce todo faz sentido, traz conforto... então guarde-o para aqueles dias de tempo sisudo, casacos pesados e cachecóis enrolados. 


Imagem: aquolina.it

6 comentários:

  1. Eu já faço parte do grupo dos entusiastas das baixas temperaturas! E tem razão, o Pink Sugar no calor desanda e não mostra toda suas facetas, os '50 tons de açucar' escondidos em seu frasco! Ele me conforta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pink Sugar no calor não dá não... fica enjoado, melecado - 50 tons de grude!
      Mas sério que você gosta de frio, Diana? Jura? Hehehehe eu fico admirada com esse povo de Winterfell!
      Beijos

      Excluir
  2. Amo frio, amo ficar encapotada, amo Pink Sugar! Mas não sinto todas as facetas que você mencionou, e, sim, um aroma suave de "boneca moranguinho" que perdura por horas e horas... :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho algo com notas de frutas vermelhas, morangos... Elas não se pronunciam muito para mim! Ainda bem! hihihi acho aquele azedinho/doce meio incômodo. O Egeo Doce me mostra mais essa parte sour adocicada de morangos e framboesas.
      Mas em qualquer uma de suas revelações, Pink Sugar é romântica e deliciosamente confortável.
      Um beijo, Júlia!!

      Excluir
  3. Não só amo frio como odeio calor! Amo tudo que se relaciona ao frio, agora em junho tem festas juninas. Imagina, o que seria do quentão e da canjica sob temperatura de 38 graus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas quantas entusiastas do frio! Acho que não gosto dele em razão das minhas articulações sensíveis (uma velha-jovem? jovem-velha?). Na dúvida, me encho de casacos.
      Agora, festa junina é bala! Quanta coisa boa! Arroz Doce (Kenzo Amour), Cri-Cri (La Vie est Belle), Pipoca Caramelada (Miss Dior)...
      Tomar quentão aos 38 graus?!?! Chama o SAMU direto!
      Beijos, Diana!

      Excluir