terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

R.S.V.P. - Jardin de Roses de Mahogany - Resenha

Vou falar de um nacional que me conquistou... Nesse a Mahogany acertou em cheio! Jardin de Roses é uma fragrância festiva, agradável e inventiva. A nota de champagne/espumante trabalhada com um frescor diferenciado e marcante. Diferentemente do 212 Vip Rosé - que usa a nuance de champagne adocicada, mais para uva doce e frutal do que necessariamente no efeito borbulhante da bebida -  Jardin de Roses traduz com muito mais perfeição o delicioso fizz que sobe pela flûte.
Rosas brancas, na leveza de pétalas orvalhadas e muito frescas, contribuem em uma elegância jovem e coquete, vaporosa como saias rodadas de vestidos de organza. É um solário cheio de rosas, jasmins recém abertos, folhinhas verdes. Uma festa à tarde, onde serve-se champagne no balde de gelo, frutas em pedacinhos e delicados canapés. Um asseado almíscar constrói a base - a perfumaria brasileira tem uma verdadeira predileção por essa leitura do almíscar - que permanece na aura de juventude. Bastante versátil, agradável e contente.
Duração: 3 a 4 horas / Projeção: Média na primeira hora, reduzindo gradativamente (A Mahogany o classifica como deocolônia)
 


Imagem: www.mahogany.com.br

2 comentários:

  1. Delicioso perfume e um dos meus favoritos. Espero que dure muitas décadas. ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita Helen! O Jardin de Roses é um perfume querido demais... Tomara que a Mahogany não entre nessa onda da perfumaria nacional de descontinuar perfumes que dão certo! Esse floral é perfeito!

      Excluir