quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Entrevista para Ego in Vitro - Um papo com o expert Daniel Barros

Desde já agradecendo o convite e o espaço cedido pelo Daniel Barros, autor do blog-referência Ego In Vitro, segue o link para a entrevista que fizemos sobre o Parfumée, em que pude contar um pouquinho da história do blog e trocar algumas ideias sobre esse universo perfumado. Como foi publicada no dia 09/11/2015, uma data em que estava absolutamente "head over heels", acabou que não repliquei aqui, do que desde já me desculpo... Mas, agora que as coisas estão, aos poucos, voltando à normalidade, segue o link: http://egoinvitro.com.br/blogueiros/


Ali tem conversas deliciosas com outros bloggers, resenhas e reflexões. Além do mais, o Daniel é autor de dois livros perfeitos para quem quer se dedicar ao estudo dessa arte que beira o vício. Merci, Daniel!!!


Imagens: egoinvitro.com


segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Mesa Redonda de Novembro - Perfumes Paradisíacos

O paraíso é aqui, e pode ser uma floresta europeia, uma praia caribenha, um banho quente de vapores perfumados... Basta conectar a mente a tudo aquilo que agrada e acalma. Me remete a paraíso a possibilidade de desacelerar, de jogar longe nossas prisões voluntárias, como um celular despejando mil notificações ao minuto, uma agenda com mais compromissos do que horas disponíveis ou uma pilha de papeladas enfadonhas. O paraíso pode ser engarrafado em lindos vidros de 30, 50 ou 100ml, e serve como aproximação das férias que nunca chegam e do descanso eternamente a repor. O paraíso pode ser a dobra de um pescoço perfumado...

Allure Eau de Parfum - Chanel
Clap-Clap. Criado, massageie meus pés. Clap-Clap. Abane mais forte. Clap-Clap. Mais vinho. Tá olhando o quê? O paraíso é meu, e eu faço o que eu quiser. O que pode ser: nada! Allure EDP é tão goldie, tão fascinante - baunilha, tangerina e pêssego. Já disse o quanto eu sou fã de pêssego? Em um tapete de jasmins então... Vale o quanto pesa (por aqui passa dos US$ 100,00 o de 100ml, então senta e chora!) Mas como no meu paraíso não tem pobreza, vou desfrutar do meu Allure e da minha champagne. Santé!
 Imagem: http://www.chanel.com


Diorissimo Eau de Toilette - Christian Dior
Uma montanha nevada dos Alpes... Agulhas de pinheiro que coçam o nariz, flores brancas - lírios à beira do lago - e um adstringente de folhas verdes. Um gramado sem fim, até onde a vista alcança. Faz a Julie Andrews e vai rodopiar nesse gramado, até cansar, e ao final, se joga nele e fica procurando figuras nas nuvens. Eu sei, eu sei, Diorissimo parece sisudão - até o nome! - mas aqui estou falando do EDT. Amarguinho, mas muito floral. O paraíso pode ser um bucólico chalé nas montanhas, porque não?

Imagem: http://www.dior.com

Weekend Eau de Parfum - Burberry of London
Monte um look navy, amarra um lenço nesse cabelo e a bordo de um conversível, vá com o boy ao litoral velejar! Aquele chic-despretensioso-nasci-assim. O paraíso pode ser um fim de semana inesquecível, tomando sorvetes em casquinha e passeando em um píer. Tão banal e tão inatingível... Weekend são belas flores, sinto muita flor de pessegueiro e jacinto (essa florzinha difícil, aqui é soberba!), com base carregada em sândalo. Burberry Weekend é um fim de semana nos Hamptons, em um pequeno frasquinho fosco (sim, essa é a versão da qual estou falando). Paraíso aristocrático.

  Imagem: fragrantica.com (é essa a versão, não a nova, do frasco polido!)


Joop le Bain Eau de Parfum - Joop!
Ficar mergulhada na banheira de água pelando, até parecer uma uva-passa. Quer coisa mais terapêutica que isso? Ficar apreciando os vapores perfumados que sobem, encher a água de espumas, sais e essências. Acender umas velas, e ficar ali, só existindo. Terminar com uma sessão de massagens e óleos perfumados, toalhas macias e o sono dos justos. O paraíso pode ser um home-spa de pura auto-indulgência, no cheirinho quente, ambarado, doce e aconchegante do Joop le Bain, algo amendoado, oleoso, que realmente lembra óleo de banho - não é a ducha fria para acordar, é o banho ritual, para relaxar.
Imagem: https://www.coty.com/brands/joop

Born in Paradise Eau de Toilette - Escada
Bonbini a Aruba! Praias de areias brancas, mar azul e vento delicioso, sucessivas piñas coladas (côco e abacaxi aqui casam que é uma belezinha!), beachclubs animadíssimos. Goiaba e melancia, suculentas frutas dos trópicos. Passar o dia de biquíni e vestidinho, renovando o bronzeado (no meu caso, tentando um bronzeado!) com os pés na areia, entre um mergulho e outro. Born in Paradise serve para te deixar numa praia paradisíaca, a hora que quiser.

Imagem: https://www.perfume.com (no site oficial não consta mais!)
 

Seguem os posts da mesa de novembro, nos blogs mais perfumados desse Brasil!
A Louca dos Perfumes - A linda Diana 
Templo dos Perfumes - Poética Cris Nobre
Floral e Amadeirado - Enigmática Luciana Marques
Odorata - O Lord Cris Bazoni

sábado, 7 de novembro de 2015

Comer, rezar, amar - Samsara Eau de Toilette de Guerlain - Resenha

Comer: um dos sentidos mais caros ao ser humano, o paladar. O sabor de pêssegos maduros, ameixas em calda, de casca de laranja glaçada que adoça o chá com canela, da baunilha que perfuma o crème brûlée queimadinho. Doce, amargo e picante. Um exagero aos sentidos, o langor transparente de calda maraschino que lembra licor. É um doce para maiores, quando o paladar já está adulto e aprende a apreciar o acre dos cítricos, as frutas secas e compotas temperadas. Samsara tem sabor de requinte, como sagrada oferenda.

Rezar: O sagrado. Como representar o sagrado, tão íntimo e individual a cada um? A representação do templo, da prece coletiva, que sobe aos céus pelo perfume da fumaça de incenso, das nobres resinas do defumador, do calor das mãos que se unem? Das flores coloridas ao pé do altar, reverenciando o criador com suas mais belas criações? Na meditação solitária e contemplativa de um pôr do sol avermelhado? O sagrado está em toda a parte, e pode estar no rastro de um perfume que não tem medo da ousadia de misturar Íris, Narcisos, Jasmins e Violetas - umas responsáveis pela projeção intensa, outras pela aura de secura atalcada.  

Amar: O sândalo perfumado em leque que vela pudores. O almíscar que lembra um emaranhado de lençóis bem usados, em noite de sono que sobrevém aos amores. O calor e o aconchego quente da fava tonka, amendoada, quase doce. A meia luz das velas e aromas do leito cuidadosamente preparado para a conquista, onde cada segundo é eterno. Samsara EDT tem sensualidade de seda caríssima sobre a pele arrepiada.

Um convite ao deleite e um teste aos sentidos, Samsara EDT é sensual, pungente e encantador. Não resista - será em vão. Fixação excelente, projeção mediana - sem escândalos ou excessos. O prazer é todo seu.


Imagem: http://www.guerlain.com/int/en-int/fragrance/womens-fragrances/samsara/samsara-eau-de-toilette-spray


Dedicado à Andréa, e seu inconfundível Samsara!


Este post contém link do parceiro Glio (www.glio.com)