segunda-feira, 1 de junho de 2015

It's up to you!!! - 5th Avenue EDP Elizabeth Arden - Resenha

A Lily mencionou esse lindo há alguns dias, e fiquei com cisma para resenhar: como esqueço essa beleza na estante? Mas dessa vez, tem trilha sonora... Coloque seu fraque e cartola, passa um gel no cabelo, capricha nos sapatos de verniz e vem dançar ao estilo Frankie! Solta o som MyBoy:



Start spreading the news...
Espalhe a boa notícia com lilases em profusão, e a mais americana de todas as magnólias - que apesar de símbolo sulista, enfeitam as banquinhas de flores da Big Apple. É a primeira mensagem do 5th Avenue: feminino como uma típica tarde de 'gossip'n shop'! 

I want to be a part of it...
Eu quero, eu quero... então tem cítrico e beleza... tem fruta saborosa! Pêssego em compota de calda grossa, temperada de noz-moscada e cravo (da índia, nada de cravo em flor) como só Beth sabe fazer - lembra do Provocative Woman? Isso mesmo!

I want to wake up in the city that never sleeps...
E se você quiser, atravessa o dia com ele e vai até a noite - 5th Avenue nunca para! Tem fixação da boa, porque lá no fundinho tem uma baunilha morna e aconchegante, com uma tintura azedinha - será que são os trevos que constam da fórmula original? Portanto, 7 horas de alegria - quase o expediente inteiro! Projeção bem rente à pele, para que não perca sua qualidade de office scent para aquelas que nunca param... 

If I can make it there, I'll make it anywhere
E vai fazer sim, em qualquer lugar! É fino, bem educado, limpo e assabonetado como só o "north american way" trabalha o almíscar, de cheirinho de roupa recém saída da lavanderia, espuma de banho refinada. Portanto, vai para o trabalho, para a festa, para o happy hour, para o chá de bebê da amiga - sempre rendendo elogios e muita classe - se joga!

Imagem: www.elizabetharden.com

Frasco lindo, elegante. Preço digno - Beth, você consegue me deixar feliz! Não fico sem. Tô na 'querência' de um 5th Avenue NYC - Uma edição limitada mais carregada no pêssego e na baunilha! Mas esse floral classiquinho anos 90 é lindo de viver: limpinho e chic! Se para Donna Karan Nova York são várias interpretações de maçã, para Elizabeth Arden Nova York é muita flor e muito pêssego - e funciona.

It's up to you, New York, New York!!! 


Este post contém link do parceiro Glio (www.glio.com)

4 comentários:

  1. Menina...pra quê isso? Só pra me matar de mais vontade!! Que descricão mais fofa. Ceús! e eu aqui quietinha achando que estava no fim da wishlist e que ele, quem sabe, poderia esperar.
    Que nada! Fui nocauteada...
    bjuss
    Li

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe quando vale o investimento? Esse vale pela versatilidade, gosto de levar em viagens porque ele combina com tudo: noite, dia, frio, calor... E não tá tão caro, pelo menos em comparação com Cartiers e Laliques da vida!
      Bota na fila da 'querência', que no nosso caso não acaba nunca, né não Lily?! Beijos

      Excluir
  2. Que espetáculo de resenha! Acho esse perfume lindo, elegante, luminoso, ultra-feminino! Um luxo que só a dona do salão da porta vermelha poderia proporcionar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luminoso... Boa! Essa definição cai super bem. Sou fã de EA porque democratizou o bom perfume, são criações de qualidade, durabilidade e um compromisso muito legal da marca em manter sua fidelidade, sua 'trademark'.
      Beijos Di!

      Excluir