Salsa e Meregue - Far Away Gold de Avon - Resenha

Por quê a associação com os ritmos caribenhos? Porque é quente, dourado, bagunçado e festivo, que no fim das contas se torna fantástico. Alguns megatons florais, doçura de côco e baunilha. Um soco de ylag-ylang. Resultado? Um torpor inebriante/adocicado, que fixa e projeta grandemente, e faz a noitada ficar divertida como em um beachclub. 
Imagem: www.perfumariaavon.com.br

Capricha no vestido e no cabelón, uma borrifada do Far Away Gold - diretamente sobre a pele, porque essa joinha exige calor humano - e se joga na pista de dança. Chamativo, como a flor no cabelo em meio aos cachos negros, o calypso da Gilda de Rita Hayworth. 

 
Ele "fala", gesticula, é bem feito e bem arranjado, mais um dos motivos para apreciar as belezinhas da Avon e se manter perfumada em época de dólar nas alturas. No inverno, deve ficar delicioso! UEPAAAAAA

Comentários

  1. Muso Sidney Magal abençoa seu post, Pris! Estou querendo conhecer esse dourado, viu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra Rosa Madalena vai curtir o FAG!!! "Quero vê-la sorrir, quero vê-la cantar"... hahahaha

      Excluir
  2. mostrei esse post pra minha mãe .... ela ja gritou a vizinha pra saber se ela conhecia alguém que venda os perfumes DAVON!
    hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa fala pra sua mami poderosa se abraçar num livrinho da Avon, é uma belezinha mesmo! Beijos

      Excluir
  3. Em mim lembra mel , sensual sem ser vulgar , dura horas . Vale cada centavo , cheiroso , não há quem não goste . No inverno é esplendido .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coisa boa achar essas preciosidades na Avon, né Cacau? Agora que o frio vem chegando, dá pra usar sem medo de enjoar! Beijos perfumados :-*

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O último dos românticos - Floratta Red d'O Boticário - Resenha

Amor nos tempos de Crise - Pur Blanca da AVON - Resenha

Perfumes “Tester” ou “Demonstration”