terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Parfumée vai à Gramado

Gramado é uma cidade linda, amo de paixão... tudo tão perfeitinho, bem cuidado, parece que a qualquer hora vão desmontar tudo e guardar numa caixa (alô Foz do Iguaçu, vamos aprender um pouco de know how turístico com Gramado?). No verão sem cabimento que estamos vivendo, a escolha de férias foi a serra, também para fugir da cafonice e tumulto beira-mar - para ter uma ideia, só vi uma única criatura de "pau de selfie" em punho, ô alegria! 

O que mais me empolgou foi a quantidade de perfumes artesanais que encontrei por lá, lojas de cosméticos e spas locais assinam suas próprias fragrâncias, que viram verdadeiros souvenirs. Vou falar de quatro lugares bacaninhas que achei por lá, e lógico, não resisti e trouxe uns frascos na mala! 

Clinipel Empório e Spa
Além do spa, tem a lojinha para comprar os produtos usados nos tratamentos (no Largo da Borges). Me joguei nos sabonetinhos e shampoo, mas fiquei curiosíssima com a fragrância da casa, chamada "Amnésia". Sim, Amnésia.
Caldo de laranja, grenadine, um bocadinho de tuberosa e fundo amadeirado. Tem algo do GAP #821 Coconut Tuberose, mas com mais cara de drink - deve ser o grenadine, que o deixa mais borbulhante e farrista. Será que a Amnésia é do pileque?

Le Jardin
Um campo de lavandas particular, com mudas de flores, plantas e produtinhos fofos para vender - e o melhor appfelstrudel do sul do mundo! Lógico que catei uma cestinha e saí pela loja como se não houvesse amanhã: AMO LAVANDA!!! Foi sabonete, óleo essencial, água de lençol, perfume, body splash... #aloka
Mas vamos falar de perfume, que é isso que interessa. Tem esse Eau Fraiche Parfumee de Lavanda (só lavanda, nada mais) que é super calmante, com o aspecto levemente "empoado" e adstringente da própria planta. 
 

Também tem body splashes - escolhi o Basilic (manjericão, manjericão e mais manjericão!) e o Verveine (verbena com limão siciliano). Dez graus a menos em dois segundos!



Enfim, passei uma manhã lá, no meio de lavandas, flores e - abelhas! Quem me conhece sabe meu pânico de abelhas (e a consequente fobia de campos de flores, arranjos, jardins, lixeiras). Então, posso considerar minha ida ao Le Jardin uma superação pessoal.

 









Kur Cosméticos
Linha de cosméticos usada nos deliciosos spas Kurotel e Kur Estação de Águas, é aquele lugar que reúne graça, riqueza e condição. Sabonetes finíssimos (já repararam que entre as minhas manias de velha, estão os sabonetes, né? Sim, eu amo!), toalhas e roupões macios, e... uma deo-colônia floral amadeirada perfeita, rica como toda a linha Kur, com um aroma dourado "bling-bling". Apenas uma observação: poderia durar mais. (Mas nem adianta o mimimi porque é deo-colônia, né?)
Fragram
Com o mote "Museu do Perfume" a Fragram conquista de cara a simpatia de quem está turistando pela Serra Gaúcha. Um filminho explicativo exibido a cada 20 minutos, as demonstrações de algumas técnicas de extração de essências, e três prateleiras abarrotadas de grandes sucessos da perfumaria - clássicos, modernos e descontinuados justificam a visita. Não é um local grande, mas o casarão tem seu charme.


A Fragram tem produção própria de algumas fragrâncias - dentre as quais comprei o Gioia de 50ml, o T, o Ragazza e o Bella em flaconetes de 9ml. O Gioia é declaradamente inspirado no Chanel nº 5, suavizado pelo fato de ser deo-colônia, ter menos neroli e civeta. Ganha um ar levemente "talquinho", e fica bem usável no outono do sul. O T é o Dolce & Gabbana Light Blue versão tupiniquim. O Ragazza e o Bella ainda estão em estudo.


Bom, a mala voltou cheia de perfuminhos nacionais, cada um com seu charme, e, ainda que pequem em durabilidade, acredito que dar uma chance e conhecer a produção local é bacana, um incentivo para que sejam aprimoradas. De todas, a Deo-Colônia Kur é a minha favorita, mas a Lavanda do Le Jardin merece elogios também, até pela proposta de pureza - lavanda sem outras adições.
Ah! E essas quatro lojas têm e-commerce também, se quiser é só garimpar que acha!


PS - Novamente, esclareço que este não é um publipost. Todos os produtos foram adquiridos por mim durante a viagem.


7 comentários:

  1. Delícia de passeio! E que maravilha, só um brega com o pau de selfie
    em punho? Paraíso. Aqui em SP até os camelôs já vendem... Curiei nesse amnésia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu sei que passo de ranzinza, mas pau de selfie tá acima da minha tolerância...
      Te mando um tiquinho de Amnésia pra testar, Diana!
      Beijos

      Excluir
  2. Gramado realmente é um encanto né?! caaaaro pra se viver mas é linda (Foz não fica atrás também "bonita e cara" ¬¬)

    Manjericão? body splash de manjericão ?! hahaha SEN OR

    Otimo post! e tamo junto #AmoLavanda

    ps1. o blog nao ta mandando mais atualizações por email?

    ps2. pau de Selfie ... nem "a pensadora contemporânea valesca popozuda em seus mais sórdidos e torpes devaneios ousou pensar que haveria um mundo com "pau de selfie ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim, Foz tem seus truques, e para os 'nativos' não é uma cidade cara (o problema está em uma mal arranjada psedo-indústria do turismo, que torna a cidade cara para os visitantes!)
      Esse body splash de manjericão é mara, Rafa, juro que tinha medo de rolar uma vibe "Pomarola", mas isso felizmente não acontece...
      Quanto aos posts, não sei o que se passa, mas quando atualizo do tablet não manda os feeds para assinante. Preciso ver o que está acontecendo, obrigada por avisar!
      Beijos

      Excluir
    2. Pô ensia ai os truques então hahaha
      sério gostei muito da cidade, as pessoas são gentis, tem um templo budista, tem bastante arvores, tem o Paraguai hahaha ...

      achei caro os alugueis ... mas to vendo que o jeito vai ser voltar pra Maringá (saio de maringá mas maringá não sai de mim ¬¬) prq Curitiba tbm tá osso!

      "pomarola" kkkkkkk (lol)
      pois é a culpa é (da Rita) do tablet ¬¬

      Excluir
  3. Gostei muito do seu blog! O que você tem a dizer dos perfumes da Jimmy Choo e qual sua indicação para pessoas apaixonadas por perfumes, mas que não possuem uma pele que fixa fragrâncias e que sofre de dores de dores de cabeça com determinados cheiros? Vivo tentando encontrar um perfume suave, mas que quando passo, deixo meu rastrinho por aí. Nunca sinto meu cheiro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mirele, obrigada pela visita! ;)
      Vamos por tópicos:
      - Jimmy Choo já está com um portfolio considerável (EDP, EDT, Flash, Blossom, Stars, Exotic...) mas vou falar dos dois mais vendidos. O EDP tem um patchouli que muita gente associa com a proposta do Angel, mas sem o amargo do cacau, e com o corpo frutal gustativo. Das notas de fundo, o caramelo-toffee se sobressai, garantindo fixação adocicada.
      O Flash é mais 'aberto', festeiro, e floral, e a parte frutal é adstringente, quase sour. Como nota de fundo, madeira de teca e bétula, que retiram a alma gourmand.
      - Questão da fixação: perfumes resinados, untuosos, são os que mais 'seguram' na pele. Se você tiver a pele seca e ácida, menos o perfume fica, ainda mais se tiver notas cítricas e florais em pétalas, que evaporam depressa (por isso são tão suaves). Já tentou Infusion D'Iris da Prada? É suave, chic e sequinho, e costuma fixar legal. Dolce e Gabbana The One, Sí de Lolita (mais doce, com uma pitada de canela) e Flower By Kenzo também rendem elogios! Beijos... apareça sempre!

      Excluir