quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Fã Clube - Fan di Fendi Leather Essence - Resenha

A grande maioria das mulheres adora bolsas e sapatos, muitos, que combinem entre si, com o guarda-roupas e com o humor do dia. Se for uma bolsa de bom couro e design moderno, a adoração será ainda maior - santo cartão de crédito!
O Fan di Fendi Leather Essence tem a nota de couro evidente - macio, clarinho, como luva de pelica - que já aparece junto com a entrada cítrica de tangerina madura e suculenta. As belas fivelas da bolsa da última moda são representadas por uma rosa metálica, pouco romântica, mas muito chic e rica. O couro vai aos poucos 'vestindo' e assentando na pele, em uma fusão com baunilha resinada, que me lembrou (ainda que de longe) o YSL Cinèma. 

Imagem: http://www.fendi.com/ii/en/collections/fragrances/fan-di-fendi/leather-essence#!/


Se parece com outros 'couros' por aí? Me remeteu ao couro presente no Poême de Lancôme, delicado e macio, enquanto o Kelly Caleche de Hermès é um couro mais sequinho - e não menos elegante!
Só esqueça o couro preto fetichista de chicotinhos e afins - Leather Essence é muito distinto.

Fixação boa - mas nada extraordinária - 6 horas em pH 5/6. Projeção média, daquela que se faz notar, mas sem grandes arroubos, o que me agradou muito. Só não casou bem com o calor, melhor levar essa bela bolsa passear de abril a setembro.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Flor em pó - Flower By Kenzo - Resenha

Esse tem discussão, viu? Vamos fomentar a desordem, em um diálogo meio esquizofrênico: 

Eu 1 - AMO o Flower by Kenzo, 
Eu 2 - Tem quem detesta e diz que é cheiro de velha!
Eu 1 - E gosto de usar especialmente no verão! 
Eu 2 - Como assim, no verão?
Eu 1 - Por quê? Qual o problema?
Eu 2 - Por causa do atalcado dele, oras!
Eu 1 - Mas é justamente esse o seu encanto!!!

Ah, me deixe! Sou fã de talco no calor, a sensação de limpeza seca e asseada, à prova da descompostura causada pelo suor (acho que o Morillas é o mestre dessa sensação). E o melhor: ele fica, o dia todo, na mesma classe de quando aplicado. 
A papoula solitária, o frasco da "onda japonista" da moda. Uma das melhores interpretações do opoponax, que consegue sem domado - um contraponto ao Opium EDT. Violeta - lógico, atalcada - e incenso sequinho, daqueles em pastilhas, não os de varetinhas. Me causa bem estar, como uma ótima companhia. 


 Imagem:http://www.kenzoparfums.com/pt/collection-perfumes-de-mulher/flower-kenzo


Teste, compreenda, afinal ele é uma graça... Está quase em seu début, veja só, e continua sucesso! E mesmo não sendo forte-power-absurdo, tem uma penca de desafetos também (why?). Então como a polêmica é grande, pelo menos encontre seu lado! 

Estou do olho no Flower Parfum, testei e amei de paixão, tem mais baunilha e resina, levemente 'abafado', morno e intimista. Hummmmm

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Rebeldia Coxinha - Lacoste L!VE - Resenha

A Lacoste não arrisca muito: roupas e perfumes esportivos, preppy e jovens. O L!VE, embora as peças de marketing tenham ares de rebeldia, falta uma real ousadia, o trunfo aqui é a versatilidade. Pega carona no Polo Ralph Lauren Blue, mas sem pepinos, mais limão e o touch aquoso-gel-de-cabelo - fresquinho e comportado.
No calor absurdo, de 38 graus que estamos enfrentando, é uma boa ideia, mas não pense em originalidade, fica sempre no ar aquela sensação: "já senti esse cheiro antes"... 

 Imagem: www.lacoste.com/en/lacoste_live_live_fragrance.html

Considerando que uma camisa pólo de piquet não seja a coisa mais original para vestir, mas tem versatilidade e adequação ao calor, o L!VE vai nesse caminho. Não é necessariamente criativo, mas acho que será o primeiro perfume de muito garoto por aí, afinal, nesse ponto a publicidade da marca foi esperta: bagunça geral no escritório!!! (mas indo além dos rótulos: o frescor é bastante compartilhável)
Em pH ácido permanece por quase quatro horas (deve ser o bom casamento com o limão), mas em pH alcalino sumiu em uma hora e meia. Nesse caso, melhor passar na roupa.


segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Mesa redonda - Outubro - Perfumes descontinuados

Mais uma vez nossa mesa redonda, um tema mais lindo que outro... o privilégio de trocar figurinhas perfumadas! Esse outubro rosa e cheiroso tem aura de saudade: o  tema da vez são os descontinuados, perfumes que sabe-se lá por quê os fabricantes tiraram de linha, e deixaram órfãos por aí. Sou uma dessas órfãs, e a saudadinha bate quando penso em um desses extintos. Então, se eu pudesse trazer de volta ao mercado alguns perfumes, seriam eles: 


Aqua di Aqua - Marina de Bourbon
Floral dos bons, com um dos melhores sândalos femininos no coração. Duração perfeita, que começava o dia e seguia até a noite, sem perder a  classe. Chic, fino... ainda tenho um fundo de frasco, guardadinho no escuro do armário, torcendo para que não oxide, só para matar a saudade! Além do mais, foi o primeiro presente do namorado que se tornou marido!


Imagem: www.fragrantica.com



By - Dolce e Gabbana (masc/fem)
Por quê, céus, por quê? Essa dupla tudo-de-bom poderia voltar, não? Zebrinha e Oncinha selvagens, lindos, os melhores couros que já senti, almíscar bem animálico, gengibre ardido. O masculino tinha uma lavanda ótima, que contrastava com o 'quente' do fundo. Ambos sexies, só que longe da canastrice. 




Imagens: www.fragrancex.com




S - Escada
Esse já declarei minha paixão. Amêndoa e avelã - sem pralinê, só tostadinhas. Frutal suculento com madeiras claras, bem resolvido e charmoso. O CH bebeu nessa fonte, tenho certeza, só adicionou camurça e canela. Achei um tester dando sopa e arrematei, para ter certeza que não vou ficar sem!


Imagem: www.fragrancex.com



Ops! Azul - O Boticário
Esse aqui é memória olfativa/afetiva minha... Quando eu era adolescente era meio boyish, e a modinha eram perfumes compartilhados, unisex. Do trio Ops! (que só persiste o rosa, e beeeem mais diluído) o azul foi o meu escolhido, usava nas festinhas, com camisa e gravata - veja só a ousadia fashion. Havia inclusive um trio de miniaturas, muito fofo. Lembro de ser um amadeirado leve, super apropriado para o friozinho do sul e dos bailinhos de dançar abraçadinho (aqui peço licença para um momento nostálgico-cafona!).


Imagem: www.fashionbubbles.com


Rush - Gucci
Esse é descontinuado por aqui... Mas ainda dá para garimpar e arriscar em sites mundão afora. Sinteticão, meio maluco, cheiro de salão de beleza: shampoo aquecido pelo secador! O patchouli mais nonsense que já senti. Não fica: GRUDA! 


Imagem: www.dezire.org

Masss, além de trazer de volta os descontinuados, eu adoraria que as empresas não sacaneassem nossos narizes e corações reformulando, aguando, mudando notas e "sinteticando" perfumes... O que virou o Dior Addict EDP? Sun Moon Stars? Ou mesmo os Boticas cada vez mais chazinhos? Isso me deixa tão chateada, afinal, perfumes evocam sentimentos, memórias, não é mesmo?

E você? Quais perfumes ficaram só na saudade e você gostaria que voltassem?
Esses blogs-arte também têm uma lista dos descontinuados que ficaram na saudade! Dá uma olhadinha:

A louca dos perfumes:http://aloucadosperfumes.com/  
Le Monde est Beau: http://lemondeest.blogspot.com.br   
Helen Fernanda: http://www.helenfernanda.com.br
Perfume Bighouse: www.perfumebighouse.com 
Van Mulherzinha: www.vanmulherzinha.com  





quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Soap Opera - Ecoute Moi de Molinard - Resenha

Pegue um sabonete daqueles bem tradicionais, que vêm embrulhados em uma fina camada de papel de seda em latinhas ou caixinhas - estilo James Bronnley Original, sabe como? - leve ao chuveiro, esfregue nas mãos e faça espuma, muita espuma. A sensação confortante da limpeza, o cheirinho que sobe junto com o vapor, as toalhas macias esperando para lhe enxugar... Tem passarinhos cantando, um céu azul inicia o dia, a primavera recém começou. Um banho 'daqueles', que abre o dia e desperta - sem o susto do despertador!
Écoute Moi da Molinard (sim, também fui acometida pela febre Molinard, graças à dica esperta da Dâmaris, do Village Beauté. Adorei a dica, e o serviço da Shine foi 10)! é tudo de limpo, imaculado, é amor de novela. Estou 'in love' com esse sabonetinho aristocrático!
Muito néroli, abertura cítrica, que dura alguns segundos e pinica o nariz. Depois segue bastante linear: aqui o cravo não briga com a rosa, eles se abraçam e passam o dia todo juntinhos! Sensação realmente assabonetada, que acompanha muito bem durante o dia, mantendo a impressão de banho tomado.
Acredito que se acerta bem com pH baixo, e para perfumar a roupa, é simplesmente fantástico! Projeção delicada e fixação de 7 dignas horas, e ainda mantém por mais um tempo, rente à pele. Apaixonei! 

http://www.molinard.com/fr/articles/ecoute-moi.592.html