segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Cheirinho de Madame - L'Air du Temps de Nina Ricci - Resenha

O que define uma madame? Seria aquela senhora fina, distinta, de família tradicional, que frequentou escolas de etiqueta, é uma excelente anfitriã, prepara chás e encontros memoráveis, dedica-se à caridade, às artes e à vida social? Então eu quero parar tudo e virar madame, por favor!!!
O meu maior contato com o 'madamismo' é meu querido L'Air du Temps Eau de Toillete. Que coisa mais chic, mais refinada, mais etérea... É uma suavidade que não encontra contemporâneos à altura, talvez por representar a paz e a euforia de um mundo que respirava aliviado o fim da II Guerra. Todos em busca de reconstruir seus sonhos, suas famílias, a feminilidade e a delicadeza depois de tantos anos austeros. Por isso os delicados pombos na tampa - paz na terra entre os cheirosos de boa vontade!
Tem toda aquela combinação de flores sofisticadas - cravo branco, violeta, íris, gardênia - revelando um tempo que cada flor oferecida a uma dama, guardava um significado especial. Tem aldeído também (e qual clássico não tem?) mas não tão pungente como o Chanel nº 5, é só o toque para realçar tantas flores puras. Néroli, que deixa L'Air du Temps assabonetado, limpíssimo, como aqueles sabonetes de toucador, que se presenteavam como finos regalos. A saída é luminosa também: almíscar, musk, cedro e vetiver, para ninguém botar defeito. 
Adoro de paixão, em mim recende a suavidade e elegância, a moça bem criada, que treina a postura equilibrando livros sobre a cabeça. Pelas lendas da perfumaria, são várias as afirmações que era um dos perfumes favoritos de Lady Diana Spencer. Faz todo sentido!

Imagem: http://www.ninaricci.com/pt-BR/Fragrances/L-Air-du-Temps

2 comentários:

  1. Muito bem definido Priscila. Também acho que tem cheiro de moça bem penteada, que usa roupas feitas pela costureira da família. Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é? Realmente, as boas famílias tinham sua modista - minha avó foi modista! Tempos de um refinamento sem igual, até o tempo parecia passar mais devagar, ao L'Air du Temps... Obrigada pela visita Denise! Beijos

      Excluir