quinta-feira, 14 de novembro de 2013

O porquê do Parfumèe

Minha curiosidade por perfumes começou por uma experiência pessoal. Desde menina eu adoro aromas - e guardo na memória notas e sensações de um jeito único - o café passando, livros novos, madeira lustrada, pão assando... 
Queria andar perfumada, e volta e meia roubava uma borrifada dos perfumes da minha mãe (ah, o óleo de jasmim que ela usava!) ou da minha avó (Fantasme ou Organza). Ao crescer - e isso é inevitável - comecei minha odisseia em busca do perfume perfeito, porque não entendia o fato de um perfume ficar maravilhoso em uma amiga e em mim o mesmo perfume simplesmente desaparecer! 
Já esclareço que não sou profissional da área química (apesar de ir muito bem nessa matéria nas aulas), mas a compreensão da alquimia dos aromas foi fundamental. Notas cítricas e ácidas não combinam comigo, a reação da pele ao floral fresco sempre imprevisível...  
Tenho a sorte de morar na fronteira com Argentina e Paraguai, então cada passeio sempre rendeu vários blotters nas mãos, para pensar com carinho em qual fragrância eleger como "a minha", não ficando presa somente aos perfumes nacionais. Comecei a identificar as notas - topo, meio e base - sua composição - sempre em busca do "perfume perfeito". Essa habilidade despertou a curiosidade de amigos, que volta e meia pediam uma indicação. E assim me inspirei para este espaço de troca de ideias e impressões sobre fragrâncias.
Bem vindos(as)! Sugestões para resenhas, dúvidas, questões... vamos conversar nesse espaço perfumado!

                                          Imagem: lovevintage.co.uk

2 comentários:

  1. Olá,gostaria de ler uma opinião sua sobre o Gabriela Sabatini:Miss Gabriela.
    Acompanhando :*

    ResponderExcluir
  2. A propósito, sua escrita é ótima parabéns!

    ResponderExcluir